top of page
roy-javier-Qj2Z8m4y64E-unsplash_edited.jpg

Blog da AKVO
Para quem quer
saber mais sobre
 
ESG e sustentabilidade

Image by Nahil Naseer

Descarbonização na matriz de combustíveis

Atualizado: 3 de fev. de 2023


O Observatório de Conhecimento e Inovação em Bioeconomia da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EESP) apresentou recentemente os resultados do estudo sobre descarbonização na matriz de combustíveis leves no Brasil para o último trimestre de 2022.


O objetivo dessa iniciativa é acompanhar a redução das emissões de gases de efeito estufa no país. Contudo, as emissões de GEE por combustíveis leves, gasolina e etanol alcançaram 27,30 milhões de toneladas de CO2eq no período analisado e, segundo a Fundação Getúlio Vargas, houve um aumento de 6,52% em comparação ao mesmo período do ano anterior.


Imagem: Emissões trimestrais de CO2eq. na matriz brasileira de combustíveis leves. Fonte: Observatório de Bioeconomia.


Esse aumento foi consequência da alta no consumo de combustíveis, atrelado à menor utilização de combustíveis de origem renovável. Esses fatos foram ocasionados pela perda de competitividade econômica devido à menor oferta de matéria-prima e à redução do valor e das tarifas sobre a gasolina, atingindo de forma negativa a produção e utilização de combustíveis renováveis


O aumento das emissões de GEE e a dificuldade no cumprimento das metas nacionais e mundiais de redução leva ao aumento da preocupação com seu controle. Nesse sentido, é fundamental que os responsáveis pelas emissões atreladas ao uso de combustíveis busquem ferramentas de gestão e controle, incluindo a adequação dos empreendimentos envolvidos aos padrões de cada setor.


Fonte: Portal FGV

Dashboard Observatório de Bioeconomia: Painel de Descarbonização da Matriz de Combustíveis


A Plataforma AKVO possibilita o diagnóstico e a gestão completa dos gases de efeito estufa emitidos pelos empreendimentos e inclui a geração de relatórios, o estabelecimento e acompanhamento de metas e planos de redução. Inclui também a aquisição de créditos de carbono quando as emissões não forem compensadas pelas atividades e ações promovidas pelo próprio empreendimento ou não puderem ser evitadas.




48 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page